Visitantes do Beto Carrero World podem conhecer leoa branca

Clara nasceu no Zoo do Parque há seis meses

81baixa

A única leoa branca nascida no Brasil, Clara, ganhou um recinto próprio no Beto Carrero World. Ela será apresentada ao público neste sábado, dia 18, um dia antes de completar seis meses. Até então era mantida nos bastidores do Parque, pois necessitava de cuidados humanos intensivos já que a mãe, a leoa Pretória, rejeitou a filha após o nascimento. Pesando 25kg e medindo cerca de 75cm de comprimento (sem a cauda), está cada vez mais linda.

Clara viverá no Jardim Secreto, ao lado do recinto dos pais. A adaptação no local começou há 20 dias e o processo é gradativo, pois a leoa é filhote e ainda necessita de cuidados especiais. Por este motivo, inicialmente será exposta das 10h às 12h e das 14h às 16h. A leoa ficará num espaço próprio, separada dos pais. “É muito difícil a reintegração num grupo já formado, ainda mais que a Clara foi rejeitada ao nascer. Não podemos correr o risco de uma nova rejeição, porque pode ser fatal”, explica a bióloga e gestora do Zoo, Kátia Cassaro.

Nos primeiros dias de vida, Clara media apenas 25cm de comprimento (sem a cauda). O crescimento da leoa branca revelou uma beleza mais selvagem, diferente da fofura dos primeiros meses em que aparentava e se comportava como uma linda gatinha. Ela deve alcançar o tamanho adulto a partir dos dois anos de idade e chegar a pesar mais de 200kg. Hoje a alimentação de Clara é composta por 2kg de carne em pedaços e suplementos vitamínicos e minerais.

Primeiro nascimento no Brasil

5baixa

Clara nasceu no Beto Carrero World em 19 de janeiro. Instituições na África trabalham para evitar a extinção dos leões brancos e este primeiro nascimento no Brasil foi muito comemorado, sendo a filhote notícia no mundo todo. O nome da rara leoa foi escolhido por mais de 300 mil internautas em votação ao vivo em rede nacional, no Programa Fantástico, da Globo.

Leões brancos

222

Os únicos exemplares de leões brancos no Brasil estão no Zoo do Beto Carrero World desde 2011. O macho chama-se Mafunyane e as fêmeas são Pretória, Zâmbia e Quênia. O Parque trouxe os animais do criadouro Mafunnyane Farm, localizado na África do Sul. A principal função deste criadouro é a conservação da espécie, evitando a extinção. Pretória e Mafunyane são os pais de Clara.

Ao contrário do que muitos pensam, esta espécie não é albina, somente apresenta os pelos brancos devido a uma mutação genética. São chamados de “leucísticos” e possuem melanina, o que os tornam ainda mais raros. Em criadouros e zoológicos, os leões brancos sobrevivem em média 25 anos e a gestação é de 100 dias.

Informações Beto Carrero World
Telefone: (47) 3261-2222

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.