Das pistas para o palco

relise 01É difícil eleger apenas um número que impressione no Madagascar Circus Show!, porém um específico se destaca por ser tão incomum no meio circense. Inspirada em manobras de Motocross, a apresentação de BMX (MotoCross em bicicletas) faz o público vibrar na arquibancada. No palco, quatro dos sete pilotos dão um verdadeiro show de habilidade, força e sincronismo.

A turma é formada pelos profissionais: Antônio Dantas (SC), Gilmar Soares (PE), Mike Moura (SP), Marcelo Kaçote (RN), Roberto Júnior (SC), Ronan Ferreira (SP) e Thiago Pop (PE). Todos, apesar de jovens, já são velhos conhecidos de campeonatos pelo Brasil e já treinaram nas melhores pistas do país. Há mais de um ano tornaram-se uma equipe. Dantas, conhecido atleta no cenário nacional do BMX, foi o responsável por reuni-los.

Mãos à obra!

relise 02As habilidades não são mostradas apenas nas manobras radicais de tirar o fôlego. Os pilotos foram responsáveis também pela coreografia e construção do circuito que conta com duas rampas. Com experiência em soldagem, Thiago foi o responsável por este processo. Já a coreografia foi definida por todos ao longo dos ensaios. “Reunimos algumas manobras e bolamos a coreografia antes mesmo de ter a música. Tínhamos apenas o limite de tempo determinado pela produção do Parque”, conta Mike.

Nos primeiros ensaios, o tempo era realmente curto, porém os meninos se destacaram tanto que ganharam mais alguns minutos para desfrutar do circuito. E a diversão não se limita à apresentação. Ao fim do show, quando todos os artistas estão reunidos no palco, eles voltam para fazer um pouquinho de outras manobras, ainda mais radicais.

Pilotos e artistas

relise 03Acostumados a conviver em ambientes totalmente despojados e esportivos, os meninos contam que apesar das manobras arriscadas, torções e muitos tombos, a principal dificuldade nesta nova rotina é, nada mais nada menos, que a maquiagem. Para entrar no clima do espetáculo, os pilotos usam roupas especiais e maquiagem artística. “Tivemos um maquiador profissional para nos ensinar, mas agora cada um faz a sua”, explica Kaçote. A falta de habilidade é motivo de risadas entre a equipe. “Sempre um sai diferente do outro”, conta Ronan.

Setor de treinamento

relise 04Além do circuito no palco, existe um setor de treinamento que segundo Gilmar, “é o sonho de todo piloto de BMX”. O espaço fica atrás da arena Velozes e Furiosos e conta com rampas e uma piscina de espuma invejada por profissionais de fora. No local são realizados os ensaios do próprio show e de novas manobras.

Exatamente neste ambiente, a equipe treinou durante todos os meses que antecederam a estreia do Madagascar Circus Show!. Para garantir a segurança dos atletas, tanto nos ensaios quanto no show, os pilotos usam protetores bucais, capacete, luvas, joelheiras e caneleiras.

Confira no link as imagens realizadas durante os ensaios para o Madagascar Circus Show!: https://www.youtube.com/watch?v=WzB26hhXyhM&feature=youtu.be

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *