Congresso reúne 450 pessoas no BCW

Estudantes, pesquisadores, biólogos, zootecnistas e médicos veterinários estão reunidos nesta semana no Beto Carrero World, durante o 37 Congresso da Sociedade de Zoológicos e Aquários do Brasil.

Profissionais de diferentes locais do país, e também do exterior, visitam o Parque para trocar experiências sobre o assunto. O evento, que envolve cerca de 450 pessoas, segue até domingo, 17 de março e conta com palestras, conferências e minicursos.

Para a coordenadora do Zoológico do Beto Carrero World, a bióloga Katia Cassaro, “este é o evento mais importante da Sociedade de Zoológicos e Aquários do Brasil. Em ocasiões como esta você se torna conhecido para todo o mundo”.

Durante a cerimônia de abertura, realizada na noite de quarta-feira, profissionais de destaque na área foram homenageados. Foi o caso, do ornitólogo e naturalista alemão Rolf Grantsau, que vive há muitos anos no país estudando espécies nativas, principalmente as aves brasileiras.

– Fiquei surpreso com esta homenagem, nem sei se mereço. Tenho 85 anos e passei a vida fazendo o que gosto, observando as coisas lindas da natureza e desenhando os animais -, comenta.

Conferências e Palestras

A primeira conferência do Congresso contou com a participação do médico veterinário Gustavo Gachen, que veio do Zoológico Temaiken, na Argentina. Ele explica que com o passar dos anos muitas mudanças vem ocorrendo dentro dos zoológicos, principalmente no que se refere aos cuidados com os animais.

– Antigamente era comum os recintos serem construídos só de cimento, não havia a representação do habitat natural. Além disso, o contato entre as espécies e humanos era normal, as pessoas não se preocupavam com a segurança nem dos animais nem de si mesmos -, comenta.

Hoje a realidade é totalmente diferente. Conforme Gustavo, os zoológicos atuais se preocupam e investem em ambientes confortáveis e seguros para os animais.

– As espécies são estudadas e o local em que os animais ficam reproduz sua necessidade. Seus hábitos comportamentais são analisados, por exemplo, se o animal vive em grupo ou solitário, se é diurno ou noturno, tudo isso é levado em consideração.

Até o final do evento os congressistas participam de palestras com temas diferenciados, como répteis, aves, seres aquáticos e designer de recintos. No domingo, último dia do Congresso, uma visita aos zoológicos Cyro Gervaerd, em Balneário Camboriú, e de Pomerode, encerra a programação do evento.

Informações Beto Carrero World:

(47) 3261-2222

Evento discute o futuro da conservação de espécies em zoológicos e aquários do Brasil

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *