Beto Carrero World e Bolshoi Brasil se unem no Dia Mundial da Dança

O Dia Mundial da Dança é comemorado em 29 de abril, sábado, e neste ano a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil e o Beto Carrero World preparam uma programação especial para os amantes da arte e diversão. Atividades relacionadas à dança da única filial do Bolshoi no mundo se conectam as atrações do maior parque temático da América Latina, no sábado.

O elenco conta com 228 alunos e 12 bailarinos da Escola Bolshoi, realizará ações durante todo o dia: espetáculos de dança nos palcos, interações com o público e uma apresentação especial envolvendo os bailarinos do Bolshoi Brasil e do Beto Carrero World. “Essa ação é de suma importância, pois une duas grandes marcas, que, pela primeira vez, trabalham juntas. A intenção é despertar o bailarino que há dentro de cada um e mostrar que a dança eleva a alma, ajuda na percepção dos movimentos corporais, equilibra o corpo e a mente, sobretudo, sem esquecer da diversão que o parque proporciona”, comenta o Diretor Geral do Bolshoi Brasil, Pavel Kazarian.

“O Beto sempre foi um incentivador da arte e da dança, e ficamos muito felizes por esta aliança com o Bolshoi. Isso reforça a importância e a força da cultura no estado de Santa Catarina”, salienta o Diretor Presidente Rogério Siqueira. Exclusivamente neste dia, bailarinos, escolas de dança ou profissionais da área terão 50% de desconto na compra antecipada do passaporte para o dia 29 de abril, mais informações (47) 3261-2222 ou WhatsApp (47) 9 9172-8254.

 

Programação Especial:

  • 8h – Castelo – Recepção especial aos visitantes
  • 10h30 – Show Velozes e Furiosos – Abertura Oficial Dia Mundial da Dança – Interação do Bolshoi Brasil e Bailarinos do BCW
  • 12h – Praça de Alimentação – Almoço Dançante no Carrossel – Interação com visitantes
  • 12h30 – Show Madagascar – No Ritmo da Dança Brasileira: Brincando de Carimbó
  • 16h – Show Blum – Dançando no Fundo do Mar: Águas Primaveris
  • 17h30 – Show Sonho do Cowboy – Apresentação Especial com as Danças Polovitzianas da Ópera “O Príncipe Igor”

 

Dia Mundial da Dança

Comemorado oficialmente em 29 de abril, a data tem a intenção de celebrar essa forma de arte e revelar a sua universalidade, transpor todas as barreiras políticas, culturais e étnicas e reunir as pessoas por meio de uma linguagem comum, que é a dança.

A comemoração foi introduzida em 1982 pelo Comitê Internacional da Dança da UNESCO. A data comemora o nascimento de Jean-Georges Noverres o criador do balé moderno.

 

Beto Carrero World

Eleito pelo público como o melhor parque temática da América Latina, o Beto Carrero World proporciona dias de encantamento, diversão e arte. Cada dia vivido neste mundo mágico é único, e os sonhos não têm limites. São mais de 100 atrações, distribuídas em 9 áreas temáticas, com 7 shows ao vivo e um lindo Zoológico. Um destino que surpreende e emociona visitantes de todas as faixas etárias.
Para mais informações, consulte o site: www.betocarrero.com.br

Projeto referência em educação, cultura e cidadania

A Escola do Teatro Bolshoi no Brasil é um projeto cultural em pleno desenvolvimento, cuja grandeza se verifica pela extensão social, dimensão cultural e pela abrangência educacional que alcança com seus propósitos e atividades. Buscando a melhor formação, garante o acesso de crianças e jovens ao mundo da cultura, ampliando seus horizontes. A sua missão é formar artistas-cidadãos, promovendo e difundindo a arte-educação. Com 17 anos de implantação no Brasil, a primeira Escola do Teatro Bolshoi, educa 228 alunos dos cursos técnicos e básico, de 22 estados brasileiros e outros 2 países. A instituição concede 100% de bolsas de estudo para todos os alunos do curso técnico.

A Escola é uma instituição, com personalidade jurídica, de direito privado, sem fins lucrativos, que tem apoio da Prefeitura Municipal de Joinville e é mantida pelo Governo do Estado de Santa Catarina e pelos chamados “Amigos do Bolshoi”, empresas e pessoas físicas socialmente responsáveis que apoiam o projeto através de serviços prestados pro bono e patrocínios não incentivados ou incentivados por leis de incentivo à cultura municipal, estadual e federal. Atualmente a empresa Brasil Foods, Amiga do Bolshoi, é a maior patrocinadora, na categoria Diamante.

 

Sinopse das coreografias:

Brincando de Carimbó12h30

Esta coreografia, criada por Jessé Cruz, representa o jogo dançante entre o homem e a mulher, o desafio da agilidade dos pés, desencadeando a alegria e sinergia dos movimentos, sincronia e chamego. É uma dança de cultura indígena com influência negra e destaca-se por ser uma manifestação típica do Estado do Pará. No palco 24 alunos, por meio do Carimbó, mostram a alegria do povo brasileiro.

Águas Primaveris – 16h

É um pas de deux, de Assaf Messerer, que representa o fim do inverno e o inicio da primavera. A coreografia fluida e com movimentos rápidos representa o gelo derretendo. E o figurino verde simboliza o florescer da primavera. É um pas de deux técnico que precisa da cumplicidade dos bailarinos para executar os movimentos com precisão e leveza.

Danças Polovitzianas da Ópera “O Príncipe Igor” – 17h30

A ópera foi iniciada em 1869 e só foi finalizada após a morte de seu compositor, o russo Alexander Borodin. O libreto origina-se do livro “A Saga do Exército de Igor”, que narra um episódio de invasão do sul da Rússia no século XII por um povo bárbaro e nômade conhecido como polovitzianos. A primeira versão das danças polovitzianas foi coreografada por Mikhail Fokine e teve sua estréia em 19 de março de 1909, provocando um forte contraste às tendências da época.

A versão apresentada pela Escola do Teatro Bolshoi no Brasil é de Kasyan Goleyzovsky, outro famoso coreógrafo russo. O balé acontece no acampamento dos polovitz, que acabaram de conquistar uma vitória sobre a tribo tarta, tendo o príncipe Igor e seu filho como seus reféns, e por sua condição são tratados com honras. Guerreiros surgem no cenário, o qual representa uma árida paisagem típica do nordeste asiático, e dançam em comemoração à vitória sobre seus inimigos. As coreografias fazem parte do segundo ato da obra, inspirada nas músicas do povo polovitz, habitantes da Ásia Central. As danças polovitzianas evidenciam o corpo de baile. A remontagem da Escola Bolshoi contou com a experiência de todos os mestres russos, que viveram esses personagens no Teatro Bolshoi.

 

Serviço:

Data: 29 de abril de 2017

Local: Beto Carrero World – Penha/SC

Horário: 8h30 às 18h

Valor: R$155,00 (Alunos de escolas de dança ou profissionais da área ganham 50% de desconto na compra antecipada)

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *